23 de nov de 2010

Little House


Eu amo esse lugar.........
Mas ele é assombrado sem você
Nossos corações cantam menos
Do que nós queríamos
Nossos corações cantam porque ?
Nós não sabemos......

Para iluminar a noite. para nos ajudar a crescer
Não sei dizer, e
u sempre soube.
Você pode me pegar. Não corra

Se você viver um outro dia, nessa casinha feliz.
O fogo está aqui pra ficar

Para iluminar a noite, para nos ajudar a crescer
Não sei dizer, eu sempre soube.....

A maravilha de tudo, a maravilha que fez

Eu estou aqui pra ficar ...........



24 de ago de 2010

Gypsy !!!!

Partiu meu coração na estrada
Passei fins de semana costurando as partes de volta
Lápis e bonecas passaram por mim
Andar a pé fica muito chato quando você aprende a
voar

Não é o tipo que volta pra casa
Tire a blusa e quem sabe o que você pode encontrar
Não vou confessar todos os meus pecados
Você pode apostar todas tentando, mas você não pode ganhar sempre

Porque eu sou uma cigana, você vem comigo?
Eu poderia roubar suas roupas e usá-las se elas servissem em mim
Nunca fiz acordos, exatamente como um cigano
E eu não vou recuar porque a vida já me mordeu
E eu não vou chorar, sou jovem demais para morrer se você for desistir de mim

Eu não posso esconder o que fiz
Cicatrizes me lembram o quão longe que eu vim
A quem possa interessar
Só corra com uma tesoura quando você quiser se machucar

Porque eu sou uma cigana, você vem comigo?
Eu poderia roubar suas roupas e usá-las se elas servissem em mim
Nunca fiz acordos, exatamente como um cigano
E eu não vou recuar porque a vida já me mordeu
E eu não vou chorar, sou jovem demais para morrer se você for desistir de mim

E eu digo
Ei você, você não é tolo. Se você diz que não
Não é assim que a vida acontece
As pessoas temem o que eles não sabem


11 de mai de 2010

Palavras

Palavras não são más
Palavras não são quentes
Palavras são iguais
Sendo diferentes
Palavras não são frias
Palavras não são boas
Os números pra os dias
E os nomes pra as pessoas
Palavras eu preciso
Preciso com urgência
Palavras que se usem
em caso de emergência
Dizer o que se sente
Cumprir uma sentença
Palavras que se diz
Se diz e não se pensa
Palavras não tem cor
Palavras não tem culpa
Palavras de amor
Pra pedir desculpas
Palavras doentias, Páginas rasgadas
Palavras não se curam, Certas ou erradas
Palavras são sombras, As sombras viram jogos
Palavras pra brincar, Brinquedos quebram logo
Palavras pra esquecer, Versos que repito
Palavras pra dizer, De novo o que foi dito
Todas as folhas em branco, Todos os livros fechados
Tudo com todas as letras, Nada de novo debaixo do Sol

27 de abr de 2010

Meu Vício

Não vou mais falar de amor. De dor, de coração, de ilusão. Não vou mais falar de sol. Do mar, da rua, da lua ou da solidão

Meu vício agora é a madrugada
Um anjo, um tigre e um gavião. Que desenho acordada. Contra o fundo azul da televisão

Meu vício agora...
É o passar do tempo
Meu vício agora...
Movimento, é o vento, é voar...é voar

Não vou mais perder. Lágrimas baratas sem nenhum porque. Não vou mais perder

E mesmo assim fica interessante. Não ser o avesso do que eu era antes
De agora em diante ficarei assim...... Desedificante

Meu vício agora...É o passar do tempo
Meu vício agora... Movimento, é o vento, é voar... é voar

19 de mar de 2010

Túnel do Tempo


Nosso encontro aconteceu como eu imaginava
Você não me reconheceu, mas fingiu que não era nada
Eu sei que alguma coisa minha, em você ficou guardada
Como num filme mudo antes da invenção das palavras

Afinei os meus ouvidos pra escutar suas chamadas
Sinais do corpo eu sei ler nas nossas conversas demoradas
Mas há dias em que nada faz sentido
E os sinais que me ligam ao mundo se desligam

Eu sei que uma rede invisível irá me salvar
O impossível me espera do lado de lá
Eu salto pro alto eu vou em frente
De volta pro presente

Sozinha no escuro, nesse túnel do tempo
Sigo o sinal que me liga à corrente dos sentimentos
Onde se encontra a chave que me devolverá
O sentido das palavras ou uma imagem familiar
Mas há dias em que nada faz sentido
E os sinais que me ligam ao mundo se desligam

Eu sei que uma rede invisível irá me salvar
O impossível me espera do lado de lá
Eu salto pro alto eu vou em frente
De volta pro presente

13 de mar de 2010

Nothing Compares 2 U

It's been seven hours and fifteen days
since you took your love away
I go out every night and sleep all day
since you took your love away
since you've been gone I can do whatever I want
I can see whomever I choose
I can eat my dinner in a fancy restaurant
but nothing
I said nothing can take away these blues,
because nothing compares
nothing compares to you

it's been so lonely without you here
like a bird without a song
nothing can stop these lonely tears from falling
tell me baby where did I go wrong
I could put my arms around every boy I see
but they'd only remind me of you
I went to the doctor guess what he told me
guess what he told me
he said girl you better try to have fun
no matter what you do
but he's a fool
'cause nothing compares
nothing compares to you
all the flowers that you planted mama
in the backyard
all died when you went away
I know that living with you baby was sometimes hard
but I'm willing to give it another try
nothing compares
nothing compares to you

11 de mar de 2010

Ou Isto Ou Aquilo


Ou se tem chuva e não se tem sol, ou se tem sol e não se tem chuva! Ou se calça a luva e não se põe o anel, ou se põe o anel e não se calça a luva! Quem sobe nos ares não fica no chão, quem fica no chão não sobe nos ares. É uma grande pena que não se possa estar ao mesmo tempo nos dois lugares! Ou guardo o dinheiro e não compro o doce, ou compro o doce e gasto o dinheiro. Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo... e vivo escolhendo o dia inteiro! Não sei se brinco, não sei se estudo, se saio correndo ou fico tranqüilo. Mas não consegui entender ainda qual é melhor: se é isto ou aquilo.

Cecília Meireles

28 de fev de 2010

Fê se você estivesse aqui .....

Fê, Nanda, goduxa linda, zóio verde.
Esse ano completa 6 anos que você não esta mais aqui.

Lembro quando me chamava de "vareta" com um sorriso cheio.
Se pudesse te abraçar de novo e te desejar um "Feliz dia"
Se pudesse te sentir presente mesmo com alguns quilômetros de distância.
Se você pudesse estar aqui, desejaria o sol, a praia, a sua mão segurando a minha em qualquer calçadão quando crianças.
Se pudesse desejaria ainda te ver contando das mais variadas histórias malucas da nossa adolescência.
Se você estivesse aqui, hoje eu iria comer o que escolhesse só para te agradar.
E só quando eu vi que aqui você não poderia estar, foi quando eu me dei conta de tudo que eu podia ser e não fui.
Foi quando eu dei valor ao abraço, ao amor, a ausência, ao carinho, foi quando eu senti saudade e doeu.
Foi quando eu desejei pular folhas do calendário.
Foi quando eu desejei dormir no sábado e acordar segunda.
E só assim eu percebi a importância de dizer " eu te amo ".
Hoje, guardo na lembrança e na garganta todo o meu afeto retido.
E nesse dia eu desejo luz, paz e qualquer jardim bonito.
Desejo que sinta todo o meu amor, desejo que esteja em harmonia e em constante evolução, onde quer que esteja Fê.
Hoje chega mais um dia em que eu saio de casa sabendo que amanhã vai ser muito melhor
Buscando objetivos mesmo que seja só.
Se for pra ser que seja agora, estarei pronta a qualquer hora
Sem medo de conseguir e não hesitar ao tentar
Não desviar do caminho. Pois não estou sozinha.
Mas se você estivesse aqui.............

Esta mensagem fica aqui para minha irmã Fernanda Adelino, minha caçula que virou anjo.
28/02/80 - 03/03/04

17 de fev de 2010

Te Desejo - Victor Hugo

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você sesentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga "Isso é meu",
Só para que fique bem claro quem é o dono dequem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar esofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
Eque se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.

11 de fev de 2010

Rita Lee - Amor e Sexo !!!!!


Amor é um livro, Sexo é esporte
Sexo é escolha, Amor é sorte

Amor é pensamento, teorema
Amor é novela, Sexo é cinema

Sexo é imaginação, fantasia
Amor é prosa, Sexo é poesia

O amor nos torna patéticos, Sexo é uma selva de epilépticos

Amor é cristão, Sexo é pagão
Amor é latifúndio, Sexo é invasão
Amor é divino, Sexo é animal
Amor é bossa nova, Sexo é carnaval

Amor é para sempre, Sexo também
Sexo é do bom...
Amor é do bem...

Amor sem sexo, É amizade
Sexo sem amor, É vontade

Amor é um, Sexo é dois
Sexo antes, Amor depois

Sexo vem dos outros, E vai embora
Amor vem de nós, E demora

Amor é cristão, Sexo é pagão
Amor é latifúndio, Sexo é invasão
Amor é divino, Sexo é animal
Amor é bossa nova, Sexo é carnaval

Amor é isso, Sexo é aquilo
E coisa e tal...
E tal e coisa...

3 de fev de 2010

A inocência do Prazer - Cazuza


Já passou, fomos perdoados
Por todos os deuses do amor
Acabou, podemos ser claros
Como era antes, seja lá como for
Alguém tentou desesperadamente
Sentir algo decente
Sou feliz, pois já fui julgada
Daqui pra frente, tudo é meu
Então fala baixo
Fala baixo e sente
Eu vou te dar um presente

Vento novo, flores e cores
Fim do verão tropical
Novos ares, novos amores
Tudo volta ao seu estado normal
Sou feliz e trago as provas
Nos meus olhos molhados
E vejo a vida tão diferente
Eu já posso entender
A inocência do prazer
Então fala baixo
Fala baixo e sente
Eu vou te dar um presente

30 de jan de 2010

Definitivo - Carlos Drumond de Andrade


Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncio que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um
amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

21 de jan de 2010

Peace Of Mind (tradução) - Boston


Se você está se sentindo mal com todas essas cobranças
O futuro está vindo muito devagar
E você quer correr mas de alguma forma você fica
Não consegue decidir em que caminho seguir

Eu compreendo a indecisão
Mas eu não ligo se eu ficar pra trás
Pessoas vivendo em competição
Tudo o que eu quero é ter a minha paz de espírito

Agora, se você está subindo pra chegar no topo da escada
Espero que isso não demore muito
Não consegue ver que chegará um dia que isso não importará
Virá um dia em que você estará morto

Eu compreendo a indecisão
Mas eu não ligo se eu ficar pra trás
Pessoas vivendo em competição
Tudo o que eu quero é ter a minha paz de espírito

Dê uma olhada adiante

Eu compreendo a indecisão
Mas eu não ligo se eu ficar pra trás
Pessoas vivendo em competição
Tudo o que eu quero é ter a minha paz de espírito