6 de nov de 2011

Quando a Chuva Passar !!!


Pra que falar?
Se você não quer me ouvir
Fugir agora não resolve nada
Mas não vou chorar
Se você quiser partir
Às vezes a distância ajuda
e essa tempestade um dia vai acabar

E hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar

Quando a chuva passar
Quando o tempo abrir
Abra a janela e veja eu sou o sol
Eu sou céu e mar
Eu sou seu e fim
E o meu amor é imensidão

27 de out de 2011

Rolling In The Deep - Adele


Há uma chama acendendo no meu coração. Chegando num ponto de febre, está me tirando da escuridão.
Finalmente eu posso vê-lo claro como um cristal. Vá em frente e me abandone, eu aguentarei suas merdas.
Veja como eu o deixo com cada pedaço seu. Não subestime as coisas que eu vou fazer. As cicatrizes do teu amor me fazem lembrar-se de nós. Fazem-me pensar que nós tínhamos quase tudo. As cicatrizes de seu amor me deixam sem fôlego.
Eu não consigo evitar a sensação. Nós poderíamos ter tido tudo. Amando incondicionalmente*. Você teve meu coração na palma de sua mão. E você brincou com ele. De acordo a batida, querido, não tenho nenhuma história a ser contada.
Mas ouvi uma das suas. E eu vou fazer a sua cabeça queimar. Pense em mim nas profundezas do seu desespero.
Criando um lar lá em baixo. Já que as minhas não serão compartilhadas. As cicatrizes do teu amor me fazem lembrar-se de nós. Fazem-me pensar que nós tínhamos quase tudo. As cicatrizes de seu amor me deixam sem fôlego.
Eu não consigo evitar a sensação. Nós poderíamos ter tido tudo, Amando Incondicionalmente*.
Você teve meu coração na palma de sua mão. Jogue sua alma em cada porta aberta.
Conte suas bênçãos para encontrar o que procura. Transformou minha tristeza em ouro precioso.
Você me paga de volta em bondade e colhe aquilo que semeou. Nós poderíamos ter tido tudo.
Mas você brincou com ele. De acordo com a batida.

26 de ago de 2011

Tempo é Tudo


Quando as estrelas se alinham

E você tem um tempo pra você

As pessoas acham que você tem sorte

Mas você sabe que é graça

Pode acontecer tão rápido

Ou um pouco tarde

O tempo é tudo

Você sabe que eu já estive por um triz

Quando poderia ter sido eu

Eu era jovem quando aprendi

O quanto a vida pode ser frágil

Eu perdi amigos meus

Acho que não era minha hora

O tempo é tudo

E eu poderia ter sido uma criança que Deus levou embora

E eu seria mais uma música inacabada

E quando parece que é difícil encontrar uma rima

É aí que aparece uma, bem na hora

Bem, eu me lembro daquele dia

Quando nossos olhos se encontraram pela primeira vez

Você correu pra dentro do prédio pra fugir da chuva

Porque você estava encharcada

E quando eu segurei a porta

Você quis saber meu nome

O tempo é tudo

E eu poderia estar mais um minuto atrasado

E você nunca teria cruzado meu caminho aquele dia

E quando parece que é difícil encontrar um verdadeiro amor

É aí que aparece um, bem na hora
Bem, você pode chamar de sorte ou destino

Às vezes parece que é mesmo um mistério

Pois você pode ser ferido pelo amor

Ou curado pelo mesmo

O tempo é tudo

E pode acontecer tão rápido

Ou um pouco tarde

O tempo é tudo

21 de ago de 2011

Shine On - Jet


Por favor não chore
Você sabe que estou deixando aqui esta noite
Antes de eu partir, eu quero que você saiba que sempre existirá uma luz

E se a lua teve que se afastar
E todas as estrelas não queriam brincar
Não desperdiçe o sol em um dia chuvoso
O vento logo ira soprar tudo pra longe

Muitas vezes eu planejei
Ser mais do que eu sou
E se te deixei pra baixo, eu irei seguir, até que você compreenda

E se a lua teve que se afastar
E todas as estrelas não queriam brincar
Não desperdiçe o sol em um dia chuvoso
O vento logo ira soprar tudo pra longe

Quando todos os dias parecem os mesmos
Não pise no frio ou no vento ou na chuva
Tudo ficará bem
Nós nos encontraremos de novo um dia
E eu irei Brilhar para Todo mundo

POR FAVOR não chore
Embora eu lhe deixe aqui esta noite
aonde quer que eu vá, o quão longe, não sei,
Mas eu sempre serei sua luz

E se a lua teve que se afastar
E todas as estrelas não queriam brincar
Não desperdiçe o sol em um dia chuvoso
O vento logo ira soprar tudo pra longe

Quando todos os dias parecem os mesmos
Não pise no frio ou no vento ou na chuva
Tudo ficará bem
Nós nos encontraremos de novo um dia
E eu irei Brilhar para Todo mundo
Quando todos os dias parecem os mesmos
Não pise no frio ou no vento ou na chuva
Tudo ficará bem
Nós nos encontraremos de novo um dia
E eu irei Brilhar para Todo mundo

25 de jul de 2011

Everything - Alanis Morissette


Posso ser uma idiota em grau maior
Posso resistir mesmo quando já está fora de moda
Posso ser a queridinha mais recatada e você nunca conhecerá ninguém
Que seja tão pessimista
Como eu sou algumas vezes

Sou a mulher mais inteligente que você já conheceu
Sou a alma mais bondosa com que já teve contato
Tenho o coração mais valente que você já viu e você jamais conhecerá alguém
Que seja tão otimista
Quanto eu algumas vezes

Você enxerga tudo, enxerga cada detalhe
Você enxerga toda minha luz e ama meu lado obscuro
Você vasculha todas as coisas as quais me envergonho
Não há nada em comum com você
Mas você ainda está aqui

Eu culpo todo mundo mas não assumo a minha parte
Minha passividade agressiva pode ser devastadora
Estou assustada e desconfiada e você nunca conhecerá alguém
Que seja tão fechada quanto
Eu sou algumas vezes

Você enxerga tudo, enxerga cada detalhe
Você enxerga toda minha luz e ama meu lado obscuro
Você vasculha todas as coisas as quais me envergonho
Não há nada em comum com você
Mas você ainda está aqui

Aquilo que eu resisto persiste e fala mais alto que eu
Eu resisto ao seu amor não importa o quão pra baixo ou pra cima eu esteja

Sou a mulher mais engraçada que você conheceu
Sou a mulher mais boba que você conheceu
Sou a mulher mais linda que você conheceu
E você nunca conheceu ninguém Que seja tão TUDO como eu
Sou algumas vezes

Você enxerga tudo, enxerga cada detalhe
Você enxerga toda minha luz e ama meu lado obscuro
Você vasculha todas as coisas as quais me envergonho
Não há nada em comum com você
Mas você ainda está aqui



4 de jun de 2011

Transformation


Tudo é sobre transformação

Ferrugem em pó
Mude sua mente
Mude a sua pele

Dia para a noite
Trevas à Luz
Ódio ao amor
Dentro e fora
É tudo sobre.....


Transformações, Variações, Alternâncias, Desvios
A Mãe Natureza governa a regra de todos nós.

Eu proponho e vou
Em tempo
Rápido ou devagar
Eu proponho
Através de portas
Cada vez
Mais ou menos

Olhos nos olhos
Prazer ou dor
Bom para má
Louco ou Insano
Você faz as regras
Então você joga o jogo

Punho ou luva
Perder ou ganhar
Lixo na arte
De coração para coração
Grande ou pequeno

É tudo sobre ....

Transformações, Variações, Alternâncias, Desvios
A Mãe Natureza governa a regra de todos nós.

18 de mai de 2011

O que é o Karma ?


Nos dias “globalizados” em que transcorrem nossas vidas, a informação viaja de maneira vertiginosa por diversos canais, aos quais cada vez mais pessoas têm acesso. Por exemplo, hoje em dia, quase todos tiveram algum tipo de contato com uma palavra praticamente desconhecida há 100 deste lado do Meridiano de Greenwich. O termo karma, que convive com os hindus há milênios, desembarcou recentemente nas nossas terras. Talvez, vendo um filme, ou lendo uma revista, ou numa conversa com amigos, seja no contexto que for, parece que essa palavra alheia às línguas latinas, foi pouco a pouco se incorporando ao patrimônio cultural ocidental. Entretanto, as discrepâncias de significados são quase iguais ao número de pessoas que a ouviram.

Ao final: o que é o karma?

Karma significa literalmente ação. Dentro da nossa tradição ancestral, a qual tem uma forte tendência científica, naturalista e não mística, designamos o karma como uma Lei Universal de ação e reação, de causa e efeito.

Todos estamos sujeitos aos desígnios kármicos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Muitos descrevem o karma como algum tipo de destino imutável, pelo qual devemos passar e na maioria dos casos, encontra-se associado à idéia de penarmos com algum tipo de sofrimento.

Definitivamente todos nós temos um karma individual. Ele está constituído entre outras coisas por condicionamentos. Estes condicionamentos ou vásanas nos induzem a repetirmos as mesmas ações uma e outra vez, num ciclo que parece não ter fim. Essas tendências individuais influenciam o karma e vice versa. Entretanto, estamos o tempo todo a mudar o nosso karma. Por exemplo, escolher se matricular numa das escolas do Nosso Método e sair de um eventual condicionamento de sedentarismo, tem um impacto brutal no seu karma individual. Escolher melhor as pessoas com quem se relacionar, ou o lugar onde trabalhará ou o que for que seja, moldará seu karma imediato e futuro.

Então, temos opção? Ou será que livre arbítrio é apenas um conjunto de palavras que soam bem? Tenho convicção que o tempo todo temos opção. A opção de continuar a fazer o mesmo ou a de mudar e depende principalmente de nós escolhermos o que fazer.

Agora, há alguma coisa que você queira mudar? Então, o que você está esperando?


Instrutor Federico Giordano

Método DeRose - Unidade Alameda Campinas

24 de abr de 2011

Pontes Indestrutíveis


Buscando um novo rumo que faça sentido nesse mundo louco com o coração partido
Tomo cuidado para que os desequilibrados não abalem minha fé pra eu enfrentar com otimismo essa loucura
Os homens podem falar mas os anjos podem voar
Quem é de verdade sabe quem é de mentira.
Não menospreze o dever que a consciência te impõe não deixe pra depois valorize a vida

Resgate suas forças e se sinta bem, rompendo a sombra da própria loucura.
Cuide de quem corre do seu lado e de quem te quer bem
Essa é a coisa mais pura

Fragmentos da realidade estilo mundo cão, tem gente que desanda por falta de opção.
Toda fé que eu tenho to ligado que ainda é pouco
Os bandidos de verdade tão em Brasília tudo solto
Eu faço da dificuldade a minha motivação
A volta por cima, vem na continuação.
O que se leva dessa vida é o que se vive o que se faz
Saber muito é muito pouco, "Stay Will" estejam e paz.

O que importa é se sentir bem, o que importa é fazer o bem

Resgate suas forças e se sinta bem, rompendo a sombra da própria loucura.
Cuide de quem corre do seu lado e de quem te quer bem
Essa é a coisa mais pura

Difícil é entender e viver no paraíso perdido
Mas não seja mais um iludido
Derrotado e sem juízo Então

Resgate suas forças e se sinta bem, rompendo a sombra da própria loucura.
Cuide de quem corre do seu lado e de quem te quer bem
Essa é a coisa mais pura

O que importa é se sentir bem

Viver, viver e ser livre,
Saber dar valor para as coisas mais simples
Só o amor constrói pontes indestrutíveis.


12 de abr de 2011

Yôga e Hinduísmo

Hinduísmo é um termo que designa o conjunto de movimentos culturais surgidos e aceitos na Índia a partir de, aproximadamente, 1.500 a.C.

Ele não pode ser considerado uma religião[1], como às vezes pensa-se no Ocidente. Trata-se antes de um conjunto de instituições, preceitos éticos, jurídicos, históricos, filosóficos, artísticos e que, consistindo de tradições ora na forma de crônicas, epopéias e lendas, ora na forma de tradições orais, ainda pode revelar princípios antagônicos.

O hinduísmo, em síntese, tem duas fases: Shruti, a mais antiga, e Smriti, posterior.

ÔM o símbolo universal do Yôga e do hinduísmoShruti significa aquilo que é ouvido. Consiste na transmissão oral (parampará) de Mestre a discípulo, ou ainda, à revelação, significando uma classe de conhecimento aprendido por via direta, de dentro de si mesmo. O Shruti é considerado a autoridade máxima que, posteriormente, foi compilado em livros denominados Vêdas, escritos a partir de 1.500 a.C.

Existem quatro Vêdas: Rig Vêda, Yajur Vêda, Sama Vêda e Atharva Vêda. Cada um deles se compõe de: Karma Kanda (rituais); Upasana Kanda (meditação); e Jñána Kanda (autoconhecimento); os quais se subdividem em: Mantras, Aranyakas, Brahmanas e Upanishads. Esta última divisão, Upanishads, é a parte mais famosa do Shruti. Ela foi escrita aproximadamente em 400 a.C. e consiste nos comentários finais para cada um dos quatro Vêdas.

Smriti significa memória. São registros posteriores ao Shruti. É a parte mais popular, folclórica, mítica e interpretativa dos Vêdas e se subdivide em quatro partes:

Itihasas: são os épicos. Seus livros principais são o Rámáyána e o Mahábhárata (considerados por muitos como a “bíblia” hindu). Nesse último livro citado há um capítulo, inserido mais tardiamente, que se tornou bem famoso, a Bhagavad Gítá. O principal objetivo dos Itihasas é interpretar os Smritis de uma forma mais popular. A Bhagavad Gítá, por exemplo, conta de maneira simbólica e poética a guerra entre os kurus e os pandavas, onde o personagem principal é Krishna que, com o decorrer dos séculos, acabou sendo mitificado e deificado.

Puránas: são constituídos de crônicas, lendas e parábolas, seguindo aos épicos em importância. Entre muitas coisas, esses textos registram as genealogias de reis e heróis, anteriores a 500 a.C. A finalidade dos puránas é a de levar ao povo lições de moral, de bondade, justiça e poder, através das várias manifestações das divindades. Tradicionalmente, existem 18 puránas principais e um número igual de subsidiários.

Ágamas: são tradições de caráter exclusivamente devocional. As mais populares são: o Shivaísmo, o Vishnuísmo e o Shaktismo. A característica principal dessas escrituras está na quantidade de preceitos e rituais que devem ser utilizados pela população mais devota e religiosa.

Darshanas: são as seis principais correntes filosóficas, ou as seis escolas ortodoxas do hinduísmo. Os seis darshanas são: Yôga, Sámkhya, Vêdánta, Nyáya, Vaishêsikha e Purva Mímánsá .

O Yôga está citado tanto no Shruti, principalmente nas Upanishads; quanto no Smrti, dentro dos Itihasas e sistematizado como darshana.

[1] Nem ao menos existe, na língua sânscrita utilizada pela ortodoxia hindu, a palavra religião. O termo que mais se aproxima deste conceito é dharma, cuja tradução literal é lei; e que pode se referir tanto às leis divinas, quanto às leis humanas. O hinduísmo não é uma religião, tal como o cristianismo também não o é. Contudo, existe uma religião hindu assim como existe uma religião católica, que pertence à tradição cultural do cristianismo.”

Texto gentilmente cedido do livro Yôga Sámkhya e Tantra, autor: Sergio Santos, 5º edição.

23 de fev de 2011

Você não viu o resto de mim

Sentimentos quebrados, em pedaços
Apenas me segurando
Mas há algo tão forte
Em algum lugar dentro de mim
E eu estou para baixo, mas vou começar de novo
Apenas não contem comigo ainda

Fui trazida até meus joelhos
E fui empurrada muito além do ponto de quebrar
Mas posso levantar
Eu estarei de volta
Isso está longe de acabar
Você não viu o resto de mim

Eu não vou ficar em torno de mim
Mas tenho que defender o que sou
Ninguém vai me parar
Ninguém me conhece e nem sabe quem eu sou
Apenas não contem comigo ainda

Não haverá fade out
Este não é o fim
Estou disposta agora
Estou de pé novamente, está um pouco difícil
Vou mostrar tudo do que sou feita

Não, não vou a lugar nenhum
Vou ficar aqui mesmo
Não, não consigo parar de mim
Não é o fim
Você não viu o resto de mim