16 de jan de 2013

Ákasha

Ákasha é um termo sânscrito que designa a substância primordial sobre a qual se registam todos os acontecimentos das nossas múltiplas existências.
A informação retida na ákasha inclui as nossas ações, desejos, esperanças, sonhos, todos os pormenores das nossas vidas, toda a informação sobre a evolução global do nosso verdadeiro Ser.
Por vezes, o acesso aos registos ákashicos dá-se através dos nossos sonhos ou mesmo nos nossos afazeres diários quando uma determinada imagem ou memória ocorre na nossa mente sem razão aparente; não estando nós sensibilizados com esta realidade, podemos deixar fugir uma informação importante que poderia ser a resolução para um problema existente no nosso presente.
Os Registos Akáshicos
Temos assim acesso aos registos akáshicos não só através dos nossos sonhos, mas também em diversas situações da vida diária, quando estamos embrenhados na execução de determinada rotina e, sem causa aparente, determinado pensamento ocorre-nos à mente, pensamento esse que não conseguimos ligar com aquilo que estávamos a fazer ou com qualquer outro aspecto da nossa vida.
Também determinada pessoa, local, imagem, sensação táctil, gosto, perfume, ruído ou melodia, podem despertar determinado(s) registo(s) akáshicos proporcionando-nos por exemplo, a conhecida sensação "devá vu".
Assim, os akásha, registam-se sob diversas formas e não somente através de imagens. Os akásha são essencialmente memórias e sensações (gustativas, auditivas, tácteis, visuais e olfactivas) acompanhadas, não obrigatoriamente, de imagens.