4 de ago de 2013

Manual de subir montanhas by Paulo Coelho



 A] Escolha a montanha que deseja subir: não preste atenção ao que as outras pessoas dizem, como "aquela é mais bonita" ou "esta é mais fácil".

B] Saiba como chegar perto dela: as montanhas são muitas vezes vistas de longe - belas, interessantes, cheias de desafios. Mas o que acontece quando nos tentamos aproximar? As estradas que a circundam são difíceis, existem florestas entre nós e nosso objetivo e o que parecia tão claro no mapa é difícil na vida real. Portanto, tente todos os caminhos e todos os trilhos, até que um dia estamos de pé em frente ao topo que pretendemos atingir.
 
C] Aprenda com quem já foi lá em cima: Há sempre alguém que teve o mesmo sonho antes de nós, e terminou deixando marcas que podem tornar a nossa viagem mais fácil; lugares para pendurar a corda, picadas , galhos quebrados para facilitar a marcha. A subida é da nossa responsabilidade, mas não esqueçamos que a experiência de outras pessoas pode ajudar muito.
 
D] Quando vistos de perto, os perigos são controláveis: quando começamos a subir a montanha dos nossos sonhos, devemos prestar atenção ao redor. Há despenhadeiros, é claro. Há fendas quase imperceptíveis na rocha da montanha. Há pedras tão polidas pelas tempestades, que se tornam escorregadias como gelo. Mas se soubermos onde colocar cada pé, iremos ver as armadilhas e saber como contorná-las.
E] A paisagem muda, portanto aproveite: claro, temos um objetivo em mente - chegar ao topo. Mas como vamos subindo, conseguimos ver mais coisas, e não custa nada parar de vez em quando e desfrutar o panorama à nossa volta.  A cada metro conquistado, podemos ver um pouco mais longe e devemos aproveitar isso para descobrir outras coisas.

F] Respeite seu corpo: só consegue subir uma montanha quem dá ao corpo a atenção que ele merece. Temos todo o tempo que a vida nos concede, desde que caminhemos sem exigir o que não pode ser exigido. Se formos muito rápidos vamos sentir-nos cansados e desistir no meio do caminho.  Se formos muito lento, a noite vai cair e estaremos perdidos. Apreciar a paisagem, deliciar-se com a água fresca dos ribeiros e com os frutos que a natureza generosamente nos dá, mas continuar a andar.
 
G] Respeite sua alma: O que precisamos é usar esta longa viagem para podermos crescer. Uma obsessão não ajuda em nada a atingir o nosso objetivo e até acaba por tirar o prazer da escalada. Mas atenção: também não repitas incessantemente "é mais difícil do que eu pensava", porque isso vai fazer com que percas a tua força interior.

H] Prepare-se para caminhar um quilometro a mais: o caminho até o topo da montanha é sempre maior do que nós pensamos. Não se engane, o momento vai chegar quando o que parecia perto ainda está muito longe. Mas desde que estejamos preparados para ir mais além, isso não é realmente um problema.
 
I] Seja feliz quando chegar ao cume:chore, bata palmas, grite aos quatro ventos que conseguiu, deixe o vento soprar através de si, purificar a sua mente, refresque os seus pés suados e cansados, abra os seus olhos, limpe a poeira do seu coração. É tão bom, o que era apenas um sonho antes, uma visão distante, agora faz parte da sua vida, conseguiu!

J] Faça uma promessa: aproveite que descobriu uma forçada qual não estava mesmo ciente, e prometa que a partir de agora vai usar essa força para o resto de seus dias. De preferência, prometa também descobrir outra montanha e partir para uma nova aventura.

L] Conte sua história: sim, conte sua história! Dê o seu exemplo. Diga a todos que é possível, e as outras pessoas terão a coragem de enfrentar suas próprias montanhas. 

Nenhum comentário: